36 ℃

Mathilde Monaco

DENTRE NÓS

Dom, 09 Abril de 2023 | Fonte: Mathilde Monaco


Eu sinto 
Em que eu era uma criança
Saudades daqueles tempos 
Em que eu era uma criança
Repleta de esperança;
Que jogava “Amarelinha”
E cantava a “Cirandinha”;
Comia pipoca na praça
De graça;
Andava de charrete
E brincava de “Cabra-cega”,
Hoje tudo está mudando
Nem criança existem mais...
Consumiram a doce Paz
Hoje reina a violência!

Correio de Corumbá

SIGA-NOS NO Correio de Corumbá no Google News

 
 
 

Veja Também

POR ALGUNS INSTANTES

Por alguns instantes eu busquei o que?Você... que não estava...Busquei o que não existe mais.Há somente o vazio.Vazio de mim, vazio de você,Busco um sonho,Um...

NÃO É UM PEDIDO DE DESCULPAS

Quem nos vê passar,Pensa que temos certas obrigações.Acham que devemos estar sempreA pedir desculpas por viver. Acham que todos incomodam,Que ocupam espaço e...

NÃO É UM PEDIDO DE DESCULPAS

Quem nos vê passar,Pensa que temos certas obrigações.Acham que devemos estar sempreA pedir desculpas por viver. Acham que todos incomodam,Que ocupam espaço e...

NO MEIO AS NOITE

No meio da noite acordo.Olho em volta e vejo o vazio.Vazio de luz e som.Vazio de mim e de você... Em volta, tudo me lembra...Há seu cheiro na sua ausência.Bu...

Últimas Notícias