28 ℃

Economia

Dia das Mães deve movimentar R$ 493 milhões em MS, salto de 37% em relação a 2022

A preferência é para roupas, artigos de perfumaria e calçados, com a escolha da homenageada prevalecendo entre os fatores que vão definir a compra do presente.

Sáb, 15 Abril de 2023 | Fonte: Assessoria de Imprensa


A Pesquisa Sazonal de Intenção de Compras do Instituto de Pesquisa da Fecomércio MS (IPF-MS) e do Sebrae MS aponta que o Dia das Mães deve movimentar neste ano R$ 493,5 milhões, volume 37% maior que em 2022, com gasto médio de R$ 440,39, considerando presentes e comemorações.

“É importante ressaltarmos que a maioria, mais de 64%, pretende pagar à vista e por isso esperam descontos. O parcelamento é outro fator ao qual o lojista deve estar atento, apontado como fator decisivo por 35,48% dos que irão presentear”, diz a economista do IPF-MS, Regiane Dedé de Oliveira.

Dentre os que informaram que não irão presentear na data, 66,21% disseram que a mãe já faleceu, 16,81% moram longe delas e 5,32% alegam estar sem dinheiro.

“É importante ressaltarmos que a maioria, mais de 64%, pretende pagar à vista e por isso esperam descontos. O parcelamento é outro fator ao qual o lojista deve estar atento, apontado como fator decisivo por 35,48% dos que irão presentear”, diz a economista do IPF-MS, Regiane Dedé de Oliveira.

Sobre as comemorações, a maioria dos entrevistados (86%) pretende passar o dia reunido com a mãe e preparar uma refeição, sendo que 8% dizem que pretendem ir a um restaurante ou similar. Dentre os municípios pesquisados, Três Lagoas apresentou o maior valor médio do presente, R$ 255,56, sendo que na Capital o valor médio ficou em R$ 215,93.

“Considerando a disposição maior das pessoas em gastar no período, os pequenos negócios podem aproveitar a data para aumentar seu faturamento e lucro. Para isso, é preciso apresentar uma vitrine atraente em suas lojas, oferecer produtos de qualidade, com preços competitivos e descontos, pelo menos para os pagamentos à vista. Além disso, é sempre importante fazer uma divulgação com antecedência, utilizando o potencial dos canais digitais. Vale ressaltar também o cuidado com a gestão para garantir o abastecimento do negócio, para que o cliente não fique sem o produto desejado”, explica a diretora-técnica do Sebrae/MS, Sandra Amarilha.

A pesquisa tem uma margem de confiança de 5% a 7% e ouviu 1.981 consumidores entre os dias 27 de março e 02 de abril nos municípios de Campo Grande, Dourados, Ponta Porã, Coxim, Bonito e Corumbá/Ladário e Três Lagoas.

Correio de Corumbá

SIGA-NOS NO Correio de Corumbá no Google News

 
 
 

Veja Também

Micro e pequenas empresas foram responsáveis por 85,5% das vagas no estado em fevereiro

O último levantamento realizado pelo Sebrae, com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), divulgado neste mês, mostra que as m...

Dia dos Namorados movimentará R$371,21 milhões de reais em Mato Grosso do Sul

O Dia dos Namorados este ano promete movimentar R$ 371,21 milhões de reais no Mato Grosso do Sul, número que é 56% maior do que o apresentado nessa mesma dat...

Dia dos Pais deve movimentar R$ 360 milhões no comércio de MS; 41% a mais que 2022

A pesquisa aponta que aumentou tanto o percentual de consumidores que pretendem comprar presentes quanto os que vão comemorar a data. A maioria dos entrevist...

Dia das Crianças deve movimentar R$ 357 milhões na economia de MS este ano

Pesquisa sazonal do Dia das Crianças desenvolvida pelo Instituto de Pesquisa da Fecomércio MS (IPF/MS) em parceria com o Sebrae MS aponta que neste ano o 12 ...