18 ℃

Educação

Arthur Chioro toma posse como presidente da Ebserh

Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares é vinculada ao Ministério da Educação. Com 41 instituições, é a maior rede de hospitais públicos do Brasil

Qui, 09 Março de 2023 | Fonte: Assessoria MEC, com informações da Ebserh


O ministro de Estado da Educação, Camilo Santana, deu posse ao médico e ex-ministro da Saúde, Arthur Chioro, como presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), na manhã desta quinta-feira (9/3). A estatal vinculada ao Ministério da Educação (MEC) administra 41 hospitais universitários federais espalhados pelo país. Chioro e seu vice-presidente, o médico sanitarista Daniel Beltrammi, foram escolhidos por meio de eleição dos nomes da Diretoria Executiva pelo Conselho de Administração da Ebserh (CA), com base em uma prerrogativa da Lei das Estatais.  

Arthur Chioro toma posse como presidente da Ebserh
Foto: Luiz Fortes/MEC

A solenidade de posse ocorreu no auditório do Ministério da Educação (MEC), em Brasília, e reuniu diversas autoridades, como a ministra da Saúde, Nísia Trindade; os senadores Humberto Costa e Marcelo Castro; e os deputados federais Maria do Rosário, Pedro Westphalen e Jorge Solla. Eles compuseram a mesa ao lado do ministro Camilo Santana, Chioro e Beltrammi. 

Em sua fala, Camilo Santana disse que, em breve, o presidente Lula anunciará uma Portaria Interministerial para cuidar das residências médicas e dos cursos de medicina, a fim de melhorar a qualidade do atendimento na área da saúde. “Temos que acabar com as filas no SUS. É preciso garantir a qualidade na formação dos médicos, bem como mais médicos lá na ponta dos municípios brasileiros”, afirmou. 

Camilo voltou a reforçar a pertinência do slogan do novo Governo Federal: união e reconstrução. “Acho importante unir o Brasil e pessoas do bem, que acreditam na democracia e defendem a justiça social. Temos que acabar com a intolerância e o ódio instaurados e disseminados neste país, pelo autoritarismo e fascismo ao longo dos últimos anos. E temos que recuperar as perdas com as conquistas sociais e trabalhistas, principalmente as da área da ciência. Eu tenho o privilégio, o desafio e a responsabilidade de comandar esta Pasta. Estou impressionado com o crime que foi cometido nos últimos quatro anos. Para mim, educação é a base de qualquer país. Cometeram um grande crime de falta de diálogo, falta de respeito federativo e é preciso reconstruir tudo isso. Reconstruir com pactuação e com diálogo. E nós temos procurado, juntamente com o Ministério da Saúde, fazer essa parceria importante”, defendeu.  

A ministra da Saúde, Nísia Trindade, destacou a importância da Ebserh para fortalecer a oferta pública dos serviços de saúde, por meio dos hospitais universitários. “Impossível pensarmos em saúde no nosso país e na educação voltada para a saúde sem colocar um horizonte e a dimensionalidade do SUS.”, afirmou Nísia.  

Novo presidente – Arthur Chioro reforçou a importância da Ebserh em seu discurso de posse como presidente da estatal. Destacou, por exemplo, como em um curtíssimo espaço de tempo a Ebserh se transformou em uma das maiores empresas públicas do Brasil e a maior empresa na área da administração hospitalar. “São 41 hospitais universitários, 8.600 leitos espalhados pelo Brasil, mas nosso desafio vai além da assistência. Os hospitais da Ebserh trazem também a missão de formar recursos humanos para saúde, médicos enfermeiros, profissionais da área de psicologia, fisioterapia, enfim de todas as áreas da saúde, e têm adicionalmente o desafio do ensino e da pesquisa. Se eles estão vinculados às universidades, às faculdades de medicina, de enfermagem, dos cursos da área da saúde, eles trazem no seu bojo esse desafio de produção de conhecimento para atender às necessidades do SUS”, afirmou. 

Segundo Chioro, ele recebeu de Camilo Santana a tarefa de aprofundar essa integração dos hospitais para que eles cumpram estes papéis: assistência, ensino e pesquisa. “Precisamos não apenas avançar na melhoria da infraestrutura dos nossos hospitais, mas fundamentalmente na renovação tecnológica, pois como são hospitais de ensino e pesquisa eles não podem ficar submetidos a um atraso tecnológico. Então, as inovações, os novos equipamentos, as novas tecnológicas de cuidado, as novas modalidades de gestão do próprio hospital precisam ter nos hospitais da Ebserh um exemplo para os demais hospitais do Brasil. Este é nosso objetivo: transformar a Ebserh num exemplo de gestão pública, assistência, ensino e pesquisa”, defendeu. 

“A Ebserh é a maior rede de hospitais públicos do Brasil, um modelo de eficiência da gestão da saúde. E vai além: a empresa tem um papel fundamental no ensino, com mais de 8 mil residentes médicos em 41 hospitais universitários federais. Ela investe em pesquisa e inovação, e auxilia no atendimento ao SUS. Não tenho dúvidas de que o Chioro, especialista na área, que zela pela coisa pública, e toda a sua equipe farão um trabalho de fortalecimento da rede e de ampliação dessa experiência para outros hospitais estaduais e municipais, além de consolidar o SUS”, ressaltou Camilo. 

Perfis – Arthur Chioro é professor universitário da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), médico e doutor em saúde coletiva. Foi ministro da Saúde (MS) entre 2014 e 2015 e tem amplo conhecimento na área de gestão, já tendo também atuado como Diretor do Departamento de Atenção Especializada do MS e secretário de saúde de São Vicente e São Bernardo do Campo (SP). Foi presidente do Conselho de Secretários Municipais de Saúde de São Paulo por três mandatos. É também pesquisador na área de planejamento e gestão em saúde.  

Já Daniel Beltrammi é médico sanitarista, especialista em administração hospitalar e de Sistemas de Saúde e, ainda, doutor em Ciências pela Unifesp. Beltrammi estava à frente da Fundação Paraibana de Gestão em Saúde (PB Saúde), instituição responsável pelo gerenciamento de hospitais do estado. O gestor também já atuou como secretário-executivo de Gestão da Rede de Unidades de Saúde da Secretaria de Estado da Saúde da Paraíba e superintendente do Hospital de Clínicas Municipal José Alencar e do Hospital Anchieta, ambos em São Bernardo do Campo (SP). 

Ebserh – a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, empresa pública vinculada ao Ministério da Educação (MEC), presta serviços gratuitos de assistência médico-hospitalar, ambulatorial e de apoio diagnóstico e terapêutico à comunidade. Também presta serviços de apoio ao ensino, à pesquisa e à extensão, ao ensino-aprendizagem e à formação de pessoas no campo da saúde pública para as instituições públicas federais de ensino ou instituições congêneres.  

A Ebserh é a maior rede de hospitais públicos do Brasil. Suas atividades unem dois dos maiores desafios do país, educação e saúde, a fim de melhorar a qualidade de vida de milhões de brasileiros, por meio da atuação de uma rede que inclui o órgão central da empresa e 41 Hospitais Universitários Federais (HUFs), apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência. 

Os hospitais da Rede Ebserh exercem a função de centros de referência de média e alta complexidade para o Sistema Único de Saúde (SUS) e um papel de destaque para a sociedade. Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: além de atender por meio do SUS, primordialmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. 

Correio de Corumbá

SIGA-NOS NO Correio de Corumbá no Google News

 
 
 

Veja Também

Humap adquire 2500 lençóis para leitos hospitalares

No dia 18 de abril, o Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian (Humap-UFMS), filiado à Ebserh, recebeu 2500 (dois mil e quinhentas) unidade de lençó...

IFMS retoma Programa Mulheres Mil com edital para bolsistas

O Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) publicou na segunda-feira, 13, o edital de abertura da seleção para Coordenador de Curso, Apoio Pedagógico/A...

IFMS abre inscrições para qualificação profissional a distância

O Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) está com inscrições abertas no processo seletivo para cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC), voltado...

MEC publica edital do Enem 2024

O Ministério da Educação (MEC), por meio do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), publicou, no Diário Oficial da Uni...