28 ℃

Geral

Nascida em Porto Esperança, atriz Mildred dos Santos mãe de Galvão Bueno faleceu aos 93 anos

Aos 6 anos de idade Mildred mudou-se para o Rio de Janeiro

Ter, 24 Janeiro de 2023 | Fonte: Da Redação


Nascida em Porto Esperança, atriz Mildred dos Santos mãe de Galvão Bueno faleceu aos 93 anos
Galvão Bueno e sua mãe Mildred dos Santos - Foto: Repordução

A atriz Mildred dos Santos, mãe do narrador Galvão Bueno, faleceu na manhã dessa terça-feira, 24 de janeiro, aos 93 anos de idade. Mildred estava internada no Hospital Evangélico de Londrina, onde vinha recebia cuidados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Mildred dos Santos nasceu no Distrito de Porto Esperança, cerca de 180 km de Corumbá, mas aos seis anos de idade mudou-se com a família para o Rio de Janeiro. Atriz das rádios novela, fez teatro e Televisão. Afastou-se das atividades para a criação do filho, Galvão Bueno. Nas redes sociais o ex-locutor disse: "Hoje acordei às 5h30 e Dona Mildred, minha mãe, estava começando a nos deixar, 12 dias antes de completar 94 anos! Sem sofrimento, com todos os cuidados paliativos que já vinham sendo carinhosamente aplicados na UTI do Hospital Evangélico em Londrina! Ela partiu serena, depois de uma grande e completa vida aqui no nosso mundo. Deus vai recebê-la com muito amor e a luz dela sempre brilhará intensamente", afirmou Galvão Bueno.

HISTÓRIA

Ainda na escola, Mildred escreveu sua primeira peça, na qual também atuou. Mas na verdade, queria ser bailarina, e chegou a ser aluna do lendário Yuco Lindenberg, e dançou até os 15 anos de idade. Mas o rádio estava em caminho.

Aos 11 anos de idade, apresentou-se no Programa do Garoto, na Rádio Cruzeiro do Sul. Mildred foi levada pela tia, a rádio atriz Amélia Simone, e Borelli Filho, encantando com a menina, a levou para as rádio novelas.

Ela começou em pequenos papéis destinados para crianças, e alcançou o estrelato quando Hélio de Soveral escreveu para ela a novela Pequetita, na Rádio Tupi. No rádio, também trabalhou na Rádio Clube do Brasil e Tamoio.

Em 1950 Mildred deu a luz ao pequeno Carlos Eduardo dos Santos Galvão Bueno, filho do casamento com o locutor Aldo Viana. Porém, o casal se desquitou em 1952.

Além do rádio, Mildred também atuou no teatro. Em 1947 ela fez parte do elenco de A Filha de Iório (1947), estrelada por Dulcina de Moraes. No elenco também, a jovem Nicette Bruno. Na TV, foi apresentadora do Grande Show Regina, na Tupi do Rio, em 1952.

E apesar de nunca ter feito cinema, foi convidada por Léo Marten para estrelar Almas Adversas (1952), mas sua mãe não permitiu que ela aceitasse o papel, por preconceito, e o filme foi estrelado por Bibi Ferreira, em uma rara aparição no cinema.

Na metade da década de 50, no auge do sucesso, Mildred dos Santos deixou a carreira para se dedicar a criação do filho. Atualmente, ela é presidente da Associação Beneficente Galvão Bueno. (Fonte: Memórias cinematograficas)

 

Correio de Corumbá

SIGA-NOS NO Correio de Corumbá no Google News

 
 
 

Veja Também

Conselho aprova construção de novo terminal portuário no rio Paraguai, em Corumbá

Os membros do Ceca (Conselho Estadual de Controle Ambiental) aprovaram, durante a 138ª reunião ordinária realizada na manhã dessa quinta-feira (27), a emissã...

Em Mato Grosso do Sul, mais de 31,4 mil pessoas renegociaram na Faixa 1 do Desenrola

Em Mato Grosso do Sul, mais de 31,4 mil pessoas formalizaram negociações na Faixa 1 do Programa Desenrola do Governo Federal, entre 9 de outubro de 2023 e 18...

Operação resgata 20 trabalhadores sob condições análogas à escravidão em fazenda exportadora de limões em Aparecida do Taboado

Vinte trabalhadores, dentre eles um menor, foram resgatados de uma fazenda exportadora de limões em Aparecida do Taboado, onde estavam submetidos a condições...

Presidente da Fiems lança obras do Centro Integrado Sesi Senai em Ribas do Rio Pardo na sexta-feira

O presidente da Fiems, Sérgio Longen, lança na próxima sexta-feira (23/02), as obras do Centro Integrado Sesi Senai (CISS) em Ribas do Rio Pardo. Localizado ...

Últimas Notícias