22 ℃

Política

Caso Americanas: Deputado Eduardo Bismarck apresenta requerimento para obter informações sobre o mercado acionário nacional

De acordo com o parlamentar, o assunto causa grande preocupação

Seg, 06 Fevereiro de 2023 | Fonte: Assessoria de Imprensa


O deputado federal Eduardo Bismarck (PDT-CE) apresentou, nesta quinta-feira (2), ao Ministro da Fazenda, Fernando Haddad, um requerimento de informações sobre o estado das investigações da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) acerca de denúncias relativas à manipulação ocorrida no mercado acionário nacional. De acordo com o parlamentar, o assunto causa grande preocupação.
 
“Milhares de pessoas podem ter sido afetadas de alguma forma por essa suposta falha contábil, ao ver seus investimentos corroídos de uma hora para outra, fruto desse suposto risco, o que torna o caso relevante e de preocupação. Foram afetados desde grandes investidores, fundos compostos por diversas pessoas e empresas, até pequenos investidores com pequenas somas de dinheiro. É necessário o acompanhamento e compreender a extensão do dano à população brasileira”, declara Eduardo Bismarck.
 
Ainda no documento, o deputado solicita informações sobre os indícios de irregularidades no funcionamento das negociações de ações na bolsa de valores, tais como o início de alguma investigação por parte da CVM acerca do vídeo apócrifo divulgado nas redes sociais que afetou dez mil investidores da empresa listada em bolsa, TC S.A (TRAD3); se há algum indício ou prova de que a desvalorização das ações do TC, provocada pela divulgação do vídeo apócrifo, veio a beneficiar investidores; se a CVM está junto à Polícia Federal para investigar tais fatos; quais providências a CVM adotou frente aos fatos amplamente divulgados sobre a empresa Americanas S.A. (AMER3); se a CVM foi provocada pela empresa Gafisa sobre potencial manipulação de suas ações e que motivou interpelação judicial à empresa Intrag, entre outras questões.
 
“Queremos entender de que forma, no entendimento da CVM, esse episódio pode afetar a credibilidade do mercado acionário, para então protegermos eventuais danos futuros a investidores e ao mercado como um todo, evitando que casos como esses possam vir a acontecer novamente”, pontua o parlamentar.
Correio de Corumbá

SIGA-NOS NO Correio de Corumbá no Google News

 
 
 

Veja Também

Número de apreensões de arma de fogo em 2023 cresce 28% em relação a 2022

Nos primeiros 16 meses da atual gestão do Governo Federal, 13,3 mil armas ilegais foram apreendidas a partir de ações da Polícia Federal, da Polícia Rodoviár...

Em evento na ALEMS, Governo vai liberar R$ 72 milhões em emendas parlamentares

Na próxima terça-feira (25), em cerimônia programada para as 14h30 na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), o governador Eduardo Riedel (PSDB...

CCJ do Senado aprova projeto de lei que libera cassino e bingo no país

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou nesta quarta-feira (19), por 14 a 12 votos, relatório sobre projeto de lei que propõe a legaliza...

Vereadora sugere ampliação de linha à Andorinha para atender Porto Esperança

A vereadora Raquel Bryk está sugerindo à direção da Empresa Andorinha, responsável pelo transporte intermunicipal de passageiros entre Corumbá e Campo Grande...

Últimas Notícias