27 ℃

Política

General Gonçalves Dias, do GSI, pede demissão após imagens de agentes golpistas

Homem de confiança de Lula na caserna, G. Dias aparece nas gravações perambulando, mas contingente do órgão era totalmente herdado do governo Bolsonaro naquele momento.

Qua, 19 Abril de 2023 | Fonte: Henrique Rodrigues/Revista Fórum


General Gonçalves Dias, do GSI, pede demissão após imagens de agentes golpistas
Lula e o general G. Dias - Foto: Ricardo Stuckert

O general Marco Edson Gonçalves Dias, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI), pediu demissão na tarde desta quarta-feira (19) após o surgimento de imagens do dia dos ataques terroristas a Brasília, em 8 de janeiro, nas quais ele aparece perambulando dentro do Palácio do Planalto, cheio de invasores, enquanto agentes do órgão auxiliam os criminosos na fuga.

Embora G. Dias, como é conhecido, tenha assumido o cargo, que era do general Augusto Heleno, uma semana antes dos ataques, todo o contingente do GSI era, naquele momento, composto por militares bolsonaristas do governo anterior. Praticamente não havia ocorrido trocas entre os servidores da pasta, o que sugere fortemente uma sabotagem por parte desses funcionários na hora em que o ato de sedição tomou conta da Praça dos Três Poderes.

Figura conhecida nos governos de Lula (PT) e Dilma (PT), G. Dias ocupou o posto de secretário de Segurança da Presidência da República do primeiro e de chefe da Coordenadoria de Segurança Institucional da segunda.

Correio de Corumbá

SIGA-NOS NO Correio de Corumbá no Google News

 
 
 

Últimas Notícias