21 ℃

Agronegócio

IDH e ABPO anunciam parceria para transformar a cadeia pecuária no Pantanal

A parceria foi firmada na quinta-feira (23), durante a 15ª Dinapec.

Sáb, 25 Março de 2023 | Fonte: Da Assessoria


A Fundação IDH e a ABPO (Associação Pantaneira de Pecuária Orgânica e Sustentável) celebram uma parceria estratégica de longo prazo para apoiar o desenvolvimento sustentável da cadeia da pecuária do bioma Pantanal. Através do acordo, as organizações trabalharão para implementar uma agenda de uso sustentável do solo que promova a produção, a atração de investimentos públicos e privados e a abertura de mercados consumidores globais. A parceria foi fechada nesta quinta-feira (23), durante a 15ª Dinapec, evento realizado pela Embrapa e parceiros.

O termo de cooperação pactua também que serão utilizados o Protocolo de Produção Sustentável de Bezerros e a Pecuária Orgânica Certificada como pilares para a produção de bezerros do bioma Pantanal, apoiando as etapas piloto e expansão. O foco está na meta de atingir 1 milhão de animais declarados na plataforma de rastrebailidade, que está sendo desenhada para integração com os demais sistemas existentes na indústria e no varejo dos mercados globais.  

Para avançar nessa agenda, a IDH e a ABPO vão atuar para engajar atores públicos e privados, entidades de produtores, empresas, prestadores de serviços, instituições financeiras e entidades da sociedade civil comprometidos com o desenvolvimento sustentável do bioma.

“A IDH está investindo cerca de R$ 10 mi de reais até 2025 para atingir essa meta. Isso requer uma participação ativa de todos os elos da cadeia pecuária para promover a transformação do sistema alimentar. Por isso, estamos estabelecendo parcerias com diversos atores da indústria, varejo e comércio envolvidos na cadeia pecuária compromissados com a implementação das mudanças necessárias”, reforça Daniela Mariuzzo, diretora executiva da IDH Brasil.

O presidente da ABPO, Eduardo Cruzetta, explica que o Pantanal tem, historicamente, a cria de bezerros como uma das atividades principais. E adiciona que a rastreabilidade é uma necessidade para agregar valor. “Por isso a importância de estarmos juntos com a IDH neste processo, para dar escala a essas ações junto aos produtores pantaneiros, gerando benefícios econômicos, sociais e ambientais para toda a sociedade. Nesta meta da IDH, de atingir 1 milhão de bezerros rastreados, acreditamos que o Pantanal poderá contribuir com uma parcela expressiva”, exalta Cruzetta.

O Protocolo de Intenções entre IDH e ABPO se estenderá até dezembro de 2025.

Sobre a IDH

A IDH coloca as pessoas, o planeta e o progresso no centro do comércio, mobilizando o poder dos mercados para gerar melhores empregos, melhores rendas, e um meio ambiente melhor com equidade de gênero para todos. Para atingir esse objetivo, o IDH reúne pessoas nas empresas, no setor financeiro e nos governos com influência nas cadeias de valor globais para co-criar e co-investir. A IDH tem sede na Holanda e possui cerca de 380 funcionários globalmente, atuando em 20 territórios e 12 regiões de originação de commodities, com mais de 1000 parceiros públicos e privados. Em 13 anos de atuação, a IDH gerou mais de 390 milhões de euros em investimentos do setor privado e apoio a novos modelos de negócios impactantes. O trabalho da IDH é possível graças ao financiamento e à confiança de vários órgãos públicos e doadores privados, entre os quais os governos dos Países Baixos e Suíça e fundações privadas.

Para obter mais informações, visite os sites www.idhsustainabletrade.com e www.idhlatam.com

Sobre a ABPO

A ABPO foi criada em 2001 por pecuaristas do Pantanal que identificaram na Pecuária Certificada uma atividade sustentável e promissora, que tem se empenhado em buscar alternativas para agregar valor à carne e derivados, melhorar a rentabilidade dos produtores, aliadas com práticas sustentáveis de conservação ambiental e cultura do bioma. Site: abpopantanalorganico.com.br

Correio de Corumbá

SIGA-NOS NO Correio de Corumbá no Google News

 
 
 

Veja Também

Fiems e ABPO discutem estratégias para ampliar certificação da pecuária orgânica na cadeia industrial

O chefe de gabinete da presidência da Fiems, Robson Del Casale, recebeu nesta quinta-feira (19/01) diretores da Associação Pantaneira de Pecuária Orgânica e ...

Riedel assina termo com ABPO e Embrapa, a fim de promover pesquisas para valorização da pecuária pantaneira

Foi assinado nesta quarta-feira (21), durante a Dinapec 2023, o Termo de Intenção para Junção de Esforços no Desenvolvimento de Desafios de Pesquisas vincula...

ABPO e Embrapa Pantanal lançam três frentes de trabalho em prol da pecuária pantaneira

Três grandes frentes de pesquisa em prol da pecuária no pantanal devem ser iniciadas ainda no primeiro trimestre de 2023. A apresentação dos trabalhos aconte...