32 ℃

Educação

Com ampliação de vagas e investimentos, Rede Estadual de Ensino volta às aulas nesta quarta-feira

Tempo integral possui 11 mil vagas a preencher; reformas de escolas totalizam investimento de R$ 313 milhões.

Qua, 21 Fevereiro de 2024 | Fonte: Comunicação Governo de MS


Com ampliação de vagas e investimentos, Rede Estadual de Ensino volta às aulas nesta quarta-feira
Fotos: Divulgação/SED

Cerca de 178 mil estudantes voltam nesta quarta-feira (21) às aulas nas 349 unidades escolares da REE (Rede Estadual de Ensino) nos 79 municípios de Mato Grosso do Sul.  Uma das novidades deste ano é o Estado ter alcançado a marca de 100% dos municípios com oferta de turmas de ensino em tempo integral - são 210 escolas, ou seja, 60,34% da rede.

O avanço no ensino em tempo integral significa a abertura de 48,6 mil vagas para a modalidade, sendo que 37,3 mil estudantes estão matriculados em tal. Assim, há ainda a possibilidade de que 11,3 mil novos estudantes sejam matriculados no ensino em tempo integral. No ano passado eram 166 escolas com tal oferta e 29,6 mil estudantes atendidos.

Com ampliação de vagas e investimentos, Rede Estadual de Ensino volta às aulas nesta quarta-feira"Antecipamos uma meta que era para ser cumprida até 2026, e conseguimos já a partir deste ano ter pelo menos uma escola ofertando ensino em tempo integral em todos os municípios de Mato Grosso do Sul", enfatiza o governador Eduardo Riedel ao comentar um dos fatores de avanço da educação sul-mato-grossense.

Além do ensino em tempo integral, as escolas estaduais passam a ofertar em 2024 vagas para o Ensino Fundamental. A ação ocorre em regime de colaboração com os municípios, com 25,4 mil vagas do 1º ao 9º em turmas de tempo integral e parcial - 9,1 mil e 16,3 mil, respectivamente. Somente em Campo Grande foram 6 mil novas vagas.

Ao todo, 35 municípios contaram com a abertura de vagas extras no Ensino Fundamental, oportunizando assim um desafogo para tais municípios, podendo eles focarem em vagas para a educação infantil. Considerando somente o Ensino Fundamental I, foram abertas 4.181 vagas (parcial e integral). Já para os  4º e 5º anos, foram abertas 3.121 vagas na rede estadual.

Escolas reformadas

Em dezembro passado, o governador Eduardo Riedel se reuniu com todos os secretários e chefes de fundações e autarquias para avaliação anual dos contratos de gestão. O resultado foi extremamente positivo com a execução de 92% dos projetos propostos no começo do ano. Na educação, não foi diferente.

A SED (Secretaria de Estado de Educação) executou 98% das atividades previstas, com programas de sucesso como o MS Alfabetiza, ampliação de escolas em tempo integral e reformas das unidades. Em 2023 e no início de 2024 o Governo de Mato Grosso do Sul investiu R$ 313 milhões em reformas, tanto gerais como parciais.

Com ampliação de vagas e investimentos, Rede Estadual de Ensino volta às aulas nesta quarta-feira
Fotos: Bruno Rezende

Até aqui, 64 unidades escolares já foram concluídas, e 125 escolas com intervenções em andamento. Elas recebem desde readequações nas redes hidráulica e elétrica, passando por obras de acessibilidade e pintura, e até completo recondicionamento do prédio. As atividades não atrapalham o retorno dos estudantes.

"Uma unidade reformada, com ambiente moderno, traz benefícios diretos no ensino e aprendizado. Estas intervenções proporcionam aos estudantes um melhor ambiente de aprendizado e aos nossos professores e servidores as condições para desenvolver com excelência o ensino", destaca o secretário estadual de Educação, Hélio Daher.

O chefe da pasta também aproveita para agradecer aos profissionais que tiveram que se adaptar em outros espaços, para reforma das escolas.

Kits, uniformes e tecnologia

Cada estudante da rede estadual receberá neste ano letivo dois uniformes, que teve mudança no modelo. Além desta novidade, outra é que em 2024 cada servidor administrativo - que atua nas 349 unidades da rede - receberá três uniformes (camisetas polos). A medida faz parte das ações de valorização da educação com qualidade e do trabalho dos profissionais da área.

Com ampliação de vagas e investimentos, Rede Estadual de Ensino volta às aulas nesta quarta-feiraCom relação aos kits escolares, eles serão três tipos, com itens pensados para cada etapa atendida na REE. Ao todo, são 189.560 kits, com investimento de R$ 13,7 milhões. A logística de entrega dos kits e uniformes já está sendo realizada. A entrega deve se estender durante o mês de março, considerando a complexidade de cada local do Estado.

Quanto a tecnologia em sala de aula, um dos trunfos do modelo de educação adotado pelo Governo de Mato Grosso do Sul, foram investidos R$ 2,5 milhões na aquisição de 54 kits de robótica, garantindo assim a qualidade de aprendizagem. Fora isso, 11 escolas já receberam lousas digitais e outras 170 serão entregues em 15 escolas do interior.

As unidades contempladas ficam em Amambai, Bela Vista, Bodoquena, Corumbá, Campo Grande, Dourados, Jardim, Paranaíba, Paranhos, Ponta Porã e Rochedo. O valor total do investimento é de R$ 9 milhões, oriundos de emenda parlamentar destinada ao fomento da educação sul-mato-grossense.

Capacitação

Por final, desde o dia 5 de fevereiro os profissionais que vão atuar nas escolas estaduais do Estado estão ativos, já exercendo as atividades do ano letivo. Uma delas é a jornada informativa DPE 2024 (Diálogos e Planejamento Educacional de 2024), que visou o desenvolvimento focado em encontros projetados para fortalecer o trabalho pedagógico nas escolas.

O DPE 2024 teve como escopo a integração dos conhecimentos e experiências dos diferentes segmentos da comunidade escolar, com o objetivo de desenvolver e integrar práticas pedagógicas e institucionais, além de promover o engajamento profissional. Essa iniciativa é considerada crucial para a educação estadual.

Correio de Corumbá

SIGA-NOS NO Correio de Corumbá no Google News

 
 
 

Últimas Notícias