32 ℃

Educação

No mês da Mulher, vozes femininas da região inspiram estudantes da EE Carlos de Castro Brasil

Unidade escolar também promoveu palestra sobre os tipos de violência contra a mulher.

Qui, 30 Março de 2023 | Fonte: Thaís Davis/Assessoria SED


No mês da Mulher, vozes femininas da região inspiram estudantes da EE Carlos de Castro Brasil
Fotos: EE Carlos de Castro Brasil/Divulgação

Em alusão ao mês da Mulher, cuja data foi celebrada no dia 8 de março, a Escola Estadual Carlos de Castro Brasil, localizada em Corumbá, desenvolveu o projeto de ensino ‘mulheres que inspiram…’, que contou com uma série de ações reflexivas quanto às conquistas e trajetória das mulheres na sociedade, com destaque às vivências das mulheres da região.

Na quarta-feira (8), a equipe gestora da EE Carlos de Castro Brasil convidou mulheres corumbaenses e ladarenses que atuam em distintas áreas da sociedade para apresentarem suas inspiradoras experiências de vida aos estudantes dos 6º e 7º anos do Ensino Fundamental.

No mês da Mulher, vozes femininas da região inspiram estudantes da EE Carlos de Castro Brasil
Mulheres corumbaenses e ladarenses apresentaram suas experiências de vida aos alunos da EE Carlos de Castro Brasil.

A roda de conversa contou com a participação da Rosa Trindade dos Santos, vereadora de Ladário, Jane Cristina de Souza, técnica da secretaria de Educação de Ladário, Chendy Martins, policial militar, Stefhany Caroline Silos, acadêmica de Psicologia na UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) e Luiza Oliver, criadora e coordenadora do Projeto Luluka, que fornece assistência às famílias carentes de Corumbá e Ladário.

No mês da Mulher, vozes femininas da região inspiram estudantes da EE Carlos de Castro Brasil
A advogada Sara Lima falou sobre os tipos de violência contra mulher.

De acordo com a coordenadora do curso profissional em Administração da EE Carlos de Castro Brasil, Angela Lima, “as experiências de vida dessas mulheres, foram capazes de estimular e mostrar as diversas possibilidades profissionais que as mulheres podem estar ocupando na sociedade”, disse.

Aos estudantes do Ensino Médio em Tempo Integral com qualificação profissional em Administração, na quinta-feira (16) foi promovida uma palestra sobre ‘o ciclo da violência contra a mulher’, ministrada pela advogada Sara Lima, que falou sobre os tipos de violência, sendo a doméstica, verbal e sexual, também apresentando situações classificadas como violentas, para que os jovens conhecessem sobre cada uma delas.

Além desta ação, durante o mês de março os alunos do Ensino Médio realizaram atividades que focaram nas conquistas femininas, tendo estudado sobre as grandes personalidades femininas da história, o direito das mulheres e a presença delas no mercado de trabalho – com destaque à área de tecnologia.

“Com as ações realizadas, os estudantes puderam reconhecer ações de violência contra a mulher mas que até o momento eles não entendiam como sendo violência, sendo muito esclarecedor para a turma, pois eles também puderam desenvolver um lado mais humano, de se colocarem no colocar de outras mulheres, seja vizinha, mãe ou irmã que passam por essa situação, e também entender que elas têm direitos e em cima desse sentimento, buscar por formas legais de serem atendidas e socorridas”, concluiu Angela Lima, coordenadora do curso profissional em Administração da EE Carlos de Castro Brasil.

No mês da Mulher, vozes femininas da região inspiram estudantes da EE Carlos de Castro Brasil
Estudantes do Ensino Médio expuseram trabalhos sobre os direitos das mulheres.
Correio de Corumbá

SIGA-NOS NO Correio de Corumbá no Google News

 
 
 

Veja Também

Estudantes da EE Carlos de Castro Brasil destacam-se no Handebol e Feira de Conhecimento

Escola Estadual Carlos de Castro Brasil, que oferta ensino em tempo integral, em Corumbá, realizou nos últimos dias duas ações inclusivas no mês de outubro, ...

Prefeito sanciona lei que estabelece carga horária de 30 horas semanais para psicólogos

O prefeito Marcelo Iunes sancionou nesta segunda-feira, 06 de novembro, a lei que estabelece carga horária de 30 horas semanais para os profissionais de Psic...