18 ℃

Política

Lula decreta intervenção federal na segurança do DF

O presidente garantiu que todos os envolvidos nos atos terroristas, inclusive os financiadores, serão punidos

Dom, 08 Janeiro de 2023 | Fonte: Lucas Vasques/Fórum


Lula decreta intervenção federal na segurança do DF
imagem/reprodução

Diante das ações terroristas protagonizadas por golpistas bolsonaristas, o presidente Lula (PT), que está em Araraquara (SP), anunciou, neste domingo (8), que decretou intervenção federal no Distrito Federal até 31 de janeiro.

Para o cargo de interventor foi nomeado o secretário-executivo do Ministério da Justiça, Ricardo Cappelli. Ele estará subordinado ao presidente. Com a medida, as Forças Armadas poderão atuar na capital federal para a retomada da ordem pública.

Lula classificou as atitudes como barbárie e abominável. Além disso, chamou os golpistas de fascistas e garantiu que todos os envolvidos, inclusive os financiadores dos atos, serão identificados e punidos.

Em seu pronunciamento, o presidente afirmou que houve "incompetência, má vontade ou má-fé" por parte das forças de segurança do governo de Brasília. "As imagens mostram que eles guiaram as pessoas Isso não se repetirá. Vamos identificar quem pagou ônibus, moradia e churrasco para essas pessoas, E se houve omissão do governo federal, todos serão punidos", acrescentou Lula.

O presidente está em Araraquara para acompanhar os danos provocados pelas chuvas na região, Ele interrompeu a agenda para falar a jornalistas sobre a decisão de decretar a intervenção no DF.

 

 

Correio de Corumbá

SIGA-NOS NO Correio de Corumbá no Google News

 
 
 

Veja Também

Nota de Repúdio - Apamagis

A Associação Paulista de Magistrados (Apamagis) repudia e condena peremptoriamente a ação criminosa de grupos radicais que investiram contra a ordem constitu...

Nota de Repúdio - IASP

O Instituto dos Advogados de São Paulo (IASP) vem a público repudiar os eventos criminosos ocorridos em Brasília, neste domingo (08/01/23) contra o Congresso...

Flávio Dino anuncia a prisão de todos os terroristas e seus financiadores

Em entrevista coletiva neste domingo (8), o ministro da Justiça, Flávio Dino, disse que todos os atos criminosos praticados por terroristas bolsonaristas em ...