21 ℃

Saúde

Pela primeira vez, Butantan exporta doses contra influenza à Bolívia, Colômbia e Cuba

Exportação ocorre por meio do edital da Organização Pan-Americana de Saúde; Colômbia, Nicarágua, Cuba e Uruguai também receberão lotes do imunizante.

Ter, 11 Abril de 2023 | Fonte: Assessoria de Imprensa


Pela primeira vez, o Instituto Butantan, ligado à Secretaria de Estado da Saúde, exporta doses da vacina trivalente contra Influenza para a Bolívia, Colômbia e Cuba. Para Bolívia serão realizados dois envios, sendo o primeiro nesta segunda-feira (10). Ainda durante esta semana, serão embarcados lotes do imunizante para a Colômbia.

No fim de março, foi iniciada a temporada de entregas internacionais pelo Butantan. Além da Bolívia, Colômbia e Cuba, Nicarágua e Uruguai também foram contemplados. Foram quase 5,4 milhões de doses adquiridas por meio da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS). O número representa um aumento de 484% em relação às exportações do ano passado.

“Uma organização como a OPAS ter escolhido o Butantan é um marco para a internacionalização dos nossos produtos. Esta ampliação de vendas é um reflexo do investimento realizado na estrutura industrial, do know how do instituto na produção do imunizante e de sua capacidade de exportação em condições seguras”, afirma o diretor de Negócios do Butantan, Hubert Guarino. 

Em 2021, a vacina trivalente contra influenza entrou para a lista de pré-qualificadas da Organização Mundial da Saúde (OMS). A adesão neste rol significa uma validação às boas práticas do Butantan e aos processos de farmacologia, estudos clínicos, regulação, produção e qualidade envolvidos na fabricação da vacina da influenza.

A atual vacina contra gripe é composta por dois vírus influenza tipo A (H1N1 do subtipo Sidney e H2N3 do subtipo Darwin) e uma cepa do tipo B, da linhagem Victoria. Entenda como ocorre a produção do imunizante: parte 1 e parte 2

Sobre a gripe

A gripe é uma doença respiratória infecciosa aguda causada pelo vírus influenza, que circula em todo o mundo. A doença é mais frequente nos meses de outono e inverno, época em que ocorre a campanha de vacinação. Os vírus influenza que têm característica de circulação sazonal são os tipos A e B, que apresentam uma grande variedade de subtipos e linhagens. A cada ano, as cepas circulantes variam devido à alta capacidade de mutação do vírus, o que torna necessária a produção de novas versões da vacina.

Correio de Corumbá

SIGA-NOS NO Correio de Corumbá no Google News

 
 

Tudo Sobre

vacinas butantan
 

Veja Também

Falece o Prof. Isaías Raw pesquisador e ex-diretor do Instituto Butantan

A Secretaria de Ciência, Pesquisa e Desenvolvimento em Saúde e o Butantan comunicam com pesar o falecimento do Prof. Isaías Raw, pesquisador e ex-diretor do ...

Anvisa autoriza ensaio clínico de vacina tetravalente contra a gripe do Butantan

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou, nesta terça (28), o início da fase 3 do ensaio clínico da vacina tetravalente contra a gripe e...

Butantan entrega mais de 10 milhões de doses de vacina contra a gripe ao Ministério da Saúde

O Instituto Butantan enviou, nesta terça-feira (7), 10.590.800 de doses de vacinas de influenza ao Ministério da Saúde. O quantitativo representa a primeira ...

Mais de 10 milhões de brasileiros já receberam a dose bivalente da vacina contra a Covid-19

No Brasil, mais de 10 milhões de pessoas já estão com a proteção reforçada contra a Covid-19, por meio da vacina bivalente. Até esta quinta-feira (20), das d...