35 ℃

Geral

Instituições iniciam o ano com equipamentos novos e consumo de energia menor

Batalhão de Polícia Militar Ambiental de Campo Grande e APAE de Cassilândia foram contempladas com projeto de eficiência energética

Qui, 26 Janeiro de 2023 | Fonte: Karine Dias/Assessoria


Instituições iniciam o ano com equipamentos novos e consumo de energia menor
Divulgação

Nesta semana, a Energisa MS entregou dois projetos de eficiência energética em entidades de duas cidades do Estado. Em Campo Grande, a instituição contemplada foi o Batalhão de Polícia Militar Ambiental, que está localizado no Jardim Veraneio. Além da Capital, a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), de Cassilândia, está sendo beneficiada pelo projeto. 

A instalação dos equipamentos na PMA começou no início do mês e foi finalizada na última segunda-feira (23). Foram substituídas lâmpadas convencionais por lâmpadas de LED, novos equipamentos de ar-condicionado e projetores também foram instalados no lugar dos convencionais e os refrigeradores trocados por novos. Além dessas melhorias, foi implementado um sistema fotovoltaico para geração de energia, com cem placas solares.   

Instituições iniciam o ano com equipamentos novos e consumo de energia menor

Ao todo, a Energisa investiu R$ 346.415,34 para o projeto no Batalhão, que deve resultar na economia de aproximadamente 149,69 MWh/ano. 

Para o tenente-coronel Cleiton Douglas da Silva, subcomandante do batalhão da PMA, todos que trabalham na unidade já percebem as melhorias e isso contribui muito para a rotina de trabalho de todos. “Nosso trabalho é instruir as pessoas a viver em equilíbrio com o meio ambiente e esse projeto demonstra a preocupação da concessionária com o consumo consciente de energia. Além disso, a renovação trouxe até mais autoestima para nossos policiais. Temos agora um ambiente mais harmonioso, com tudo funcionando”, destaca.  

A implementação do projeto na APAE de Cassilândia começou nesta semana. A instituição atende 118 pessoas com deficiência, com idades entre 1 e 67 anos e suas famílias. Com uma equipe multidisciplinar, a entidade oferece atendimentos médicos, psicológicos, fisioterapia, fonoaudiologia e terapia ocupacional. A APAE também oferece assistência social e atividades coletivas que promovem a autonomia e a melhoria da qualidade de vida das pessoas com deficiência do município. 

As instalações da instituição foram contempladas com a modernização do sistema de iluminação e implementação de um sistema fotovoltaico para geração de energia. Com o investimento de R$ 49.392,08, a entidade irá economizar aproximadamente 41,39 MWh/ano.

Segundo Rezu Costa Ribeiro, representante legal da APAE de Cassilândia, o projeto irá reduzir significativamente o custo financeiro da instituição. “Além de receber as melhorias, as equipes da concessionária nos trouxeram um treinamento para fazer o consumo consciente dos novos equipamentos no dia a dia. Com isso, a instituição ganha com as benfeitorias realizadas, impactando diretamente na conta de luz, e forma cidadãos conscientes sobre o consumo de energia elétrica e seus impactos”, garante.

Para o diretor presidente da concessionária de energia, Marcelo Vinhaes, desenvolver um projeto como esse, em um local atende dezenas de pessoas diariamente e que contribui para a saúde desses atendidos, é um grande orgulho. “Levar um serviço de qualidade para esta entidade que é tão importante para o município de Cassilândia é uma honra e também uma das missões da Energisa. A iluminação adequada e a modernização dos equipamentos vão ajudar os pacientes a passarem por suas terapias e tratamentos com mais conforto e confiança”, reforça.

Correio de Corumbá

SIGA-NOS NO Correio de Corumbá no Google News

 
 
 

Últimas Notícias