36 ℃

Política

Ministério Público pede bloqueio de bens de Bolsonaro, Torres e Ibaneis

Ação do sub-procurador geral pretende garantir ressarcimento aos cofres públicos, se comprovada a participação dos agentes nos atos terroristas que destruíram as sedes dos Três Poderes

Ter, 10 Janeiro de 2023 | Fonte: Redação RBA


Ministério Público pede bloqueio de bens de Bolsonaro, Torres e Ibaneis
Além de Bolsonaro, Torres e Ibaneis, pedido de bloqueio incluiu outros suspeitos, "sobretudo de financiadores", dos atos golpistas. (Imagem/Reprodução Youtube)

O Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (MP/TCU), Lucas Rocha Furtado, pediu nesta quarta-feira (10) o bloqueio de bens do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), do governador afastado do Distrito Federal (DF) Ibaneis Rocha (MDB) e do ex-secretário de Segurança do DF Anderson Torres. Quem assina o pedido é o sub-procurador geral do órgão, Lucas Rocha Furtado.

A solicitação faz parte do processo que apura os atos terroristas em Brasília no último domingo (8), que culminaram com a depredação das sedes dos Três Poderes. O objetivo do MP/TCU é garantir recursos para eventual ressarcimento público, em caso de condenação dos envolvidos por participação nos atos de vandalismo.

“Em razão de processo de Tomada de Contas e do vandalismo ocorrido no Distrito Federal no dia 8 de janeiro de 2023, que provocou inúmeros prejuízos ao erário federal, solicito seja decretada a indisponibilidade de bens”, escreve o sub-procurador.

Além disso, Furtado menciona, no pedido, o bloqueio de bens “de outros responsáveis, sobretudo de financiadores de mencionados atos ilegais”. Por fim, ele se coloca à disposição do TCU “para novos pedidos de indisponibilidade”.

Além de multa e ressarcimento, o TCU também pode condenar os envolvidos à perda de direitos políticos por até 8 anos. Do mesmo modo, se condenados, ficariam inabilitados para ocuparem cargos públicos pelo mesmo período. No entanto, o TCU só deve julgar o pedido de bloqueio de bens após concluir levantamento que estima a conta dos prejuízos. E determinar as responsabilidades objetivas de cada um dos citados.

Correio de Corumbá

SIGA-NOS NO Correio de Corumbá no Google News

 
 

Tudo Sobre

bolsonaro
 

Veja Também

Dino autoriza atuação da Força Nacional contra golpistas em Brasília

"Além de todas as forças federais disponíveis em Brasilia, e da atuação constitucional do Governo do Distrito Federal, teremos nos próximos dias o auxílio da...

Flávio Dino anuncia a prisão de todos os terroristas e seus financiadores

Em entrevista coletiva neste domingo (8), o ministro da Justiça, Flávio Dino, disse que todos os atos criminosos praticados por terroristas bolsonaristas em ...

Últimas Notícias