36 ℃

Economia

Em encontro com Alckmin na CNI, Longen apresenta demandas para desenvolvimento do setor industrial

Presidente da Fiems manifestou preocupação com recursos e projetos de financiamento do setor industrial

Ter, 28 Fevereiro de 2023 | Fonte: Assessoria Fiems


Ao participar, nesta terça-feira (28/02), de encontro com o vice-presidente da República e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin, o presidente da Fiems, Sérgio Longen, apresentou demandas importantes para o desenvolvimento do setor industrial brasileiro, como os fundos constitucionais, retomada da indústria da construção civil e programa de investimento em tecnologia e inovação. O encontro foi realizado na CNI (Confederação Nacional da Indústria).

Com relação aos fundos constitucionais, Longen manifestou preocupação com recursos e projetos de financiamento do setor industrial. “O agronegócio tem uma diferença de juros que é praticamente 50% do empresarial. O rural paga em torno de 7 e 8%, enquanto que no empresarial a média é de 16%. Há uma preocupação grande no setor empresarial de utilizar esses fundos. E o pior: quem tomou esse empréstimo no passado, hoje está com dificuldade de pagar. Então, nós precisamos de uma atenção desse fundo urgente”, afirmou.

Em encontro com Alckmin na CNI, Longen apresenta demandas para desenvolvimento do setor industrial
Divulgação



Além disso, o presidente da Fiems defendeu a retomada da indústria da construção civil. “Sei que o senhor esteve com nosso governador Eduardo Riedel recentemente e acompanhamos esse projeto. Inclusive, reforço o convite para que o senhor visite Mato Grosso do Sul”, destacou.

Outro ponto defendido foi a discussão de um programa de investimento em tecnologia e inovação. “Tivemos no passado o PSI (Programa de Sustentação do Investimento) e muito se investiu nessa área de tecnologia e inovação. Temos necessidade de fazer esses investimentos atualmente, comprar novas máquinas, adquirir novas tecnologias. Então é extremamente importante essa avaliação do PSI”, reforçou Sérgio Longen.

Ele também pontuou a situação da UFN 3 (Unidade de Fertilizantes Nitrogenados 3), em Três Lagoas. “A fábrica está se perdendo dia a dia e precisamos de uma ação imediata. Mas fiquei feliz quando o senhor colocou a observação sobre energia e fertilizantes, lembrando que nós tivemos uma distorção muito grande no preço dos combustíveis e entendemos que foi uma distorção política. O óleo diesel hoje custa em torno de R$ 7 o litro e a gasolina, R$ 5. É uma distorção muito grande, lembrando que temos nossa logística praticamente toda ancorada em fretes de carretas. Todos esses são pontos importantes e acredito que devemos avançar na discussão”, completou.

Em resposta, Geraldo Alckmin ressaltou a importância da discussão sobre linhas de crédito. “Vou até sugerir que o presidente do BNDES, Aloísio Mercadante, venha até a CNI para ouvir o setor industrial”, disse.

O vice-presidente ainda comentou sobre uma crítica que tem ouvido de que 80% dos doutores no Japão estão no setor produtivo, enquanto que no Brasil, a maioria está na academia. “Nós precisamos é implantar efetivamente as coisas. Vou verificar a ida a Mato Grosso do Sul, que tem um projeto de importância nacional, que é a Rota Bioceânica. Ela está bastante adiantada, porque já o trecho brasileiro até a divisa já existe e o trecho paraguaio também. Falta interligar a ponte sobre o rio Paraguai, e aí chegar até a costa leste”, finalizou.

Correio de Corumbá

SIGA-NOS NO Correio de Corumbá no Google News

 
 
 

Veja Também

Para Longen, manutenção da Taxa Selic em 13,75% é preocupante para setor empresarial

O presidente da Fiems, Sérgio Longen, manifestou preocupação com a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom), do Banco Central, de manter a taxa básica...

Indústria de MS abriu quase 10 mil vagas de emprego formal em 2022

O setor industrial de Mato Grosso do Sul fechou 2022 com saldo positivo na geração de empregos formais. De acordo com levantamento do Radar Industrial da Fie...

Governo estimula uso de fontes renováveis para gerar energia mais limpa e atingir meta do Carbono Neutro em 2030

Mato Grosso do Sul deu um mais um importante passo rumo à meta de se tornar um território reconhecido internacionalmente como Carbono Neutro em 2030. Na manh...

Fiems recebe representante da ApexBrasil para discutir fomento ao comércio exterior em MS

O chefe de gabinete da presidência da Fiems, Robson Del Casale, acompanhado pela coordenadora do CIN/MS (Centro Internacional de Negócios de Mato Grosso do S...

Últimas Notícias