32 ℃

Polícia

PF devolve à Câmara dos Deputados bola de futebol roubada durante ataques do dia 8 de janeiro

Bola foi entregue pelo suposto autor do roubo em Sorocaba/SP, no último dia 29

Qui, 09 Fevereiro de 2023 | Fonte: Da Assessoria


PF devolve à Câmara dos Deputados bola de futebol roubada durante ataques do dia 8 de janeiro
Divulgação/PF

A Polícia Federal devolveu à Câmara dos Deputados, nesta quinta-feira (9/2), a bola roubada do Salão Verde da Casa durante os ataques do dia 8 de janeiro.

O objeto fora entregue na Delegacia de Polícia Federal em Sorocaba no dia 29/1, pela Polícia Militar de São Paulo, juntamente com o suposto autor de sua subtração da Casa Legislativa. Na ocasião da entrega, o homem foi ouvido e liberado. A PF segue investigando o caso, no âmbito da Operação Lesa Pátria.

A bola foi um presente da delegação de jogadores do Santos Futebol Clube ao deputado Marco Maia, que foi presidente da Câmara dos Deputados, em 10 de abril de 2012, por ocasião da sessão solene em comemoração ao centenário do Clube.

A Operação Lesa Pátria é uma ação permanente que tem o objetivo de identificar pessoas que participaram, financiaram, omitiram-se ou fomentaram os fatos ocorridos em 8/1, em Brasília/DF, quando o Palácio do Planalto, o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal foram invadidos por indivíduos que promoveram violência e dano generalizado contra os imóveis, móveis e objetos daquelas instituições.

Até o momento, a PF cumpriu 17 mandados de prisão preventiva, três de prisão temporária e 38 de busca e apreensão.

Correio de Corumbá

SIGA-NOS NO Correio de Corumbá no Google News

 
 
 

Veja Também

Lula diz que democracia é o patrimônio mais precioso da população

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva lembrou hoje (8) dos ataques golpistas do dia 8 de janeiro, em Brasília, marcando o primeiro mês após os atos. Na ocas...

Estudo mostra como as parlamentares são ofendidas nas redes sociais

Parlamentares brasileiras são alvos de insultos, críticas e invalidações feitas de forma violenta nas redes sociais. Um estudo com mais de 1,5 mil mensagens ...

Últimas Notícias