22 ℃

Meio Ambiente

PMA encontra jaguatirica atropelada na BR 262 e mantém orientação aos motoristas sobre o problema

O animal foi encontrado na altura do Km 586 a aproximadamente 30 km de Miranda

Seg, 06 Março de 2023 | Fonte: Da Redação, com assessoria


PMA encontra jaguatirica atropelada na BR 262 e mantém orientação aos motoristas sobre o problema
Divulgação/PMA

Capitão Jorge Comandante da PMA de Miranda orientando sobre o problema dos atropelamentos de animais silvestres.

A Polícia Militar Ambiental de Miranda tem desenvolvido durante as fiscalizações na BR 262, trabalhos de orientação aos motoristas, com o objetivo de minimizar os atropelamentos de animais silvestres nesta estrada que corta o Pantanal. Além disso, toda a PMA desenvolve no Estado orientações, bem como educação ambiental em escolas, em trabalho utilizando animais taxidermizados (empalhados), falando com os futuros motoristas, mas também com o objetivo de reduzir todos os problemas relativos à fauna e outros problemas ambientais.

Na manhã dessa segunda-feira, 06 de março, uma Jaguatirica foi recolhido, pelos policiais, às margens da rodovia BR 262, na altura do Km 586, a aproximadamente 30 km da cidade de Miranda. A equipe realizava fiscalização ambiental e deparou com o felino morto, vítima de atropelamento, aparentemente ocorrido na madrugada. O felino apresentava ferimentos na região da cabeça e em partes do tronco com parte da pele dilacerada. Apesar do estado difícil, devido às condições da carcaça, o animal será taxidermizado (empalhado) para uso em Educação Ambiental em uma das oficinas temáticas que são utilizadas pela PMA.

ORIENTAÇÃO SOBRE ATROPELAMENTO DE ANIMAIS

A PMA orienta às pessoas, que não existe crime ao atropelar um animal sem intenção. No caso, o procedimento correto é parar o veículo em local seguro e, com segurança, verificar se o animal está morto. Se não estiver, socorra-o, ou se não forma possível, ligue para a PMA, ou informe o primeiro órgão público, para ser acionado um órgão para o socorro e resgate, porque toda vida tem um sentido e vale a pena. Se ele estiver morto e estiver na pista de rolamento, com segurança, retire-o para o acostamento, para evitar que outro usuário da rodovia possa vir a se acidentar e, às vezes, até matar a si e sua família, em novo possível acidente, que esta atitude simples poderia evitar.

Capitão Jorge Comandante da PMA de Miranda orientando sobre o problema dos atropelamentos de animais silvestres.

Correio de Corumbá

SIGA-NOS NO Correio de Corumbá no Google News

 
 
 

Últimas Notícias