36 ℃

Política

Governo tem 400 obras em andamento nas 79 cidades de MS, diz secretário

O valor estimado para novas obras que estão em licitação ou contratação é de R$ 1,3 bilhão

Seg, 13 Fevereiro de 2023 | Fonte: Bruno Chaves/Assessoria Seilog


Governo tem 400 obras em andamento nas 79 cidades de MS, diz secretário
Foto: Chico Ribeiro

O Governo do Estado possui hoje cerca de 400 obras em andamento nas 79 cidades de Mato Grosso do Sul, revelou, nesta segunda-feira (13), o secretário estadual de Infraestrutura e Logística, Hélio Peluffo. Em entrevista à imprensa, ele ainda disse que são investidos R$ 4,6 bilhões de recursos públicos nesses empreendimentos, como  rodovias, pontes, recapeamento e revitalização de prédios.

“Também temos estimado R$ 1,3 bilhão para novas obras [que estão em licitação ou contratação]”, reforçou.

Em conversa com equipe da rádio Educativa FM 104,7, de Campo Grande, Peluffo falou sobre a gestão da Seilog (Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística), citou grandes projetos para o Estado, como a pavimentação da rodovia Sul-Fronteira, que margeia o Paraguai, ligando Aral Moreira a Mundo Novo, e a Rota Bioceânica, que vai conectar Mato Grosso do Sul aos portos do Chile, encurtando a viagem à Ásia em sete mil quilômetros.

Ele ainda destacou a parceria do Governo do Estado com a Prefeitura de Campo Grande. “Vamos chegar a quase R$ 200 milhões em investimentos através de convênios, em execução e a firmar. Tem obras importantes como a Feira Central, que recebe quase R$ 25 milhões, e a Avenida Duque de Caxias, que será feita uma intervenção de R$ 21,7 milhões. Além disso, teremos ações no Noroeste, Centenário, Nashville e Caiobá, que somarão R$ 13 milhões”, ressaltou.

O secretário também lembrou de importantes obras que estão em execução na Capital, como a duplicação e revitalização da Avenida dos Cafezais, onde são investidos R$ 9,5 milhões, e o novo acesso às Moreninhas, de mais de R$ 41 milhões.

“O governador Eduardo Riedel tem insistido em uma frase: as pessoas moram nas cidades e não no Governo do Estado. Essa é a razão do municipalismo: investir nos municípios para dar mais qualidade de vida para as pessoas", pontuou o secretário.

Correio de Corumbá

SIGA-NOS NO Correio de Corumbá no Google News

 
 
 

Últimas Notícias