30 ℃

Cidade

Com cerca de 12 denuncias por dia, Prefeitura reforça fiscalização contra o Aedes aegypti

Imóveis fechados e terrenos baldios localizados na área urbana onde o mosquito Aedes aegypti costuma encontrar o ambiente ideal para se proliferar, estão sendo notificados.

Ter, 14 Fevereiro de 2023 | Fonte: Da Assessoria PMC


A Prefeitura de Corumbá está reforçando o trabalho de fiscalização e notificação de imóveis fechados e terrenos baldios localizados na área urbana, locais onde o mosquito Aedes aegypti costuma encontrar o ambiente ideal para se proliferar.

Nesta terça-feira, 14 de fevereiro, técnicos da Secretaria Municipal de Saúde, da Vigilância Sanitária, Vigilância em Saúde, Fundação do Meio Ambiente, Fiscalização e Posturas e da Agência Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (PROCON) se reuniram para definir a estratégia que será adotada para combater as endemias provocadas pelo mosquito.

"Foi formatado um grupo de trabalho, em parceria com diversas secretarias, e estaremos fortalecendo essa fiscalizações de acordo com um planilhamento recebido pelo nosso Disk Dengue e também pelo mapeamento feito por nossos agentes dê endemias", explicou a secretária-adjunta de Saúde, Mariluce Leão.

"Nestas fiscalizações serão feitas as notificação para o proprietário do terreno ou imóvel e será concedido um prazo de 05 dias para efetuar a limpeza. Esgotado o prazo, o terreno ou imóvel será limpo e a despesa vai na conta do IPTU", complementou a secretária-adjunta, lembrando que este é um serviço contínuo no Município.

A fiscalização está sendo intensificada por causa das constantes chuvas e das altas temperaturas registradas na cidade neste início de ano. Água parada e calor favorecem a eclosão dos ovos do Aedes, que além da dengue também provoca a chikungunya, a zika e a febre amarela urbana, doenças chamadas de arboviroses.

Por dia, o Disk Dengue recebe de 10 a 12 comunicados da população. As denúncias podem ser feitas pelo telefone 0800 647 2255, das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17 horas, de segunda a sexta-feira, ou pelo WhatsApp 3234-3437.

Correio de Corumbá

SIGA-NOS NO Correio de Corumbá no Google News

 
 
 

Últimas Notícias