21 ℃

Turismo

Rota Gastronômica Pantaneira impulsiona turismo gastronômico em Mato Grosso do Sul

Sabores típicos do Pantanal ganham destaque com projeto que contemplou 10 empreendimentos nas regiões de Miranda, Aquidauana, Nhecolândia e Corumbá.

Qui, 16 Março de 2023 | Fonte: Assessoria Sebrae/MS


Rota Gastronômica Pantaneira impulsiona turismo gastronômico em Mato Grosso do Sul
Fotos: Divulgação/Sebrae-MS

Com pratos tradicionais preparados no fogão a lenha junto à influência dos peões que saem em comitiva conduzindo o gado pelas áreas alagadas do Pantanal, a gastronomia produzida na região é resultado de uma cultura única. Enxergando o potencial do turismo gastronômico aliado ao bioma, o Sebrae/MS, via programa Pró Pantanal, e a Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, se uniram para apoiar a realização da Rota Gastronômica Pantaneira, um itinerário para turistas que querem conhecer a região pantaneira do estado e provar os seus sabores.

O roteiro do itinerário foi pensado e desenvolvido pelo chef sul-mato-grossense Paulo Machado, em parceria com a jornalista gaúcha Tati Feldens e o professor de Gastronomia e chef sergipano, Moacir Sobral. O projeto, lançado em dezembro de 2022, contemplou importantes regiões do Pantanal, como Miranda, Aquidauana, Nhecolândia e Corumbá. A rota oferece uma imersão na culinária sul-mato-grossense, com pratos caipiras, regionais e também influenciados pela proximidade com a fronteira do Paraguai e Bolívia.

Na primeira edição do projeto, foram selecionados 10 empreendimentos destas regiões, que em comum, preservam suas origens rurais. Eles receberam visitas técnicas da equipe, com treinamentos e aulas-show. Após, foram eleitos, em cada um dos estabelecimentos participantes, um prato carro-chefe. O resultado é uma imersão na culinária do bioma, levando em conta a vivência e sabores do dia a dia dos pantaneiros. E, junto à gastronomia, é possível ter uma experiência completa no Pantanal, com outros atrativos, como cavalgadas, caminhadas na mata, passeios de barco e observação da vida silvestre.

Segundo a analista-técnica do Sebrae/MS, Kátia Muller, o projeto tem sido fundamental para o desenvolvimento econômico e turístico da região pantaneira, valorizando os sabores típicos e promovendo o turismo gastronômico. “Com essa iniciativa, estamos destacando a culinária do Pantanal como um atrativo turístico, gerando benefícios para a comunidade local”, destacou a analista, reforçando que a Rota Gastronômica Pantaneira é a oportunidade de o turista degustar pratos únicos e conhecer a história por trás de cada um deles.

Com o sucesso do projeto, novos empreendimentos serão convidados a participar de uma nova edição em 2023. O chef Paulo Machado, um dos idealizadores da Rota Gastronômica Pantaneira, menciona que a segunda fase do projeto se chamará “Etapa das Águas”. Nela, serão selecionados outros 10 empreendimentos para participar do projeto, com foco nos negócios localizados próximos aos rios do Pantanal sul-mato-grossense.

“Desta vez será a chance para mostrarmos todo o potente cenário do turismo pantaneiro ligado ao universo das águas. Restaurantes beira-rio, barco hotéis, pousadas pesqueiras, as cidades que nascem as margens do Rio Paraguai como Porto Murtinho e Corumbá, serão o alvo desta segunda edição da Rota Gastronômica que traz de forma pioneira a gastronomia local como motriz para o turismo”, enfatizou o chef.

Conforme ele, o projeto trouxe diversos benefícios para o estado, como a valorização da cultura local, a geração de emprego e renda para os profissionais envolvidos na cadeia produtiva da gastronomia, a atração de turistas interessados em conhecer a culinária pantaneira, e a divulgação da região em âmbito nacional e internacional.

Conheça os pratos da Rota Gastronômica Pantaneira

Dentre as receitas apresentadas durante a Rota Gastronômica Pantaneira, destacam-se pratos típicos como a carne seca de sol, o arroz carreteiro, a paçoca de carne seca, a sopa paraguaia, o caldo de piranha, o puchero, entre outros. Além disso, foram realizados eventos gastronômicos e ações de divulgação em feiras e eventos regionais e nacionais. “O intuito de criar a rota é para que o turista que visita o Pantanal possa ter a chance de vivenciar e provar as experiências gastronômicas mais autênticas do bioma pantaneiro”, destacou o chef Paulo.

Rota Gastronômica Pantaneira impulsiona turismo gastronômico em Mato Grosso do Sul

Entre os estabelecimentos que participaram da Rota Gastronômica Pantaneira, destaca-se o Terroir Pantanal Wine & Beer, em Aquidauana, com o prato “Mini Torre Pantaneira”, uma combinação de carne oreada, coalhada seca, chips de banana da terra e paçoca pantaneira. Já a Pousada Pioneiro, localizada às margens da BR 262 entre Aquidauana e Miranda, ofereceu o “Macarrão de Comitiva” como prato assinatura.

Outro estabelecimento participante foi o Pantanal Experiência, localizado em Miranda, com o filé de pintado com creme de cumbaru. O Refúgio da Ilha Ecolodge, situado na região do Delta do Rio Salobra, também em Miranda, ofereceu como prato assinatura a Delícia do Refúgio, que consiste em um purê de abóbora, mandioca e carne oreada. A Fazenda San Francisco, no Pantanal do Rio Miranda, apresentou o mousseline de mandioca, ragu de puchero, ora-pro-nóbis e queijo de búfala como prato assinatura.

O Pantanal Jungle Lodge, localizado às margens do Rio Miranda, apresentou o Caldo de Piranha como prato assinatura, enquanto a Pousada Pequi, em Aquidauana, serviu a Sopa Paraguaia. A Pousada Aguapé, situada em uma área rica em vegetação típica do Pantanal em Aquidauana, apresentou o Requeijão de Corte como prato assinatura. O Recanto Vale do Sol, em Corumbá, ofereceu a Paçoca de Carne de Sol com Banana da Terra. Por fim, o Hotel Fazenda Baía das Pedras, localizado no município de Aquidauana, apresentou o Sarrabulho como prato assinatura.

Conheça os estabelecimentos e seus pratos no canal do Youtube da Rota Gastronômica Pantaneira.

Sobre o Pró Pantanal

O Pró Pantanal – Programa de Apoio à Recuperação Econômica do Bioma Pantanal é uma iniciativa do Sebrae para fomentar atividades econômicas nos eixos do turismo, da economia criativa e do agronegócio existentes no Pantanal. O programa ainda tem apoio da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Federação das Associações Empresariais de Mato Grosso do Sul (FAEMS), Instituto do Meio Ambiente de MS (Imasul) e Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Semadesc).

Para obter mais informações sobre o programa Pró Pantanal e suas ações, fale com o Sebrae, pelo número 0800 570 0800.

Correio de Corumbá

SIGA-NOS NO Correio de Corumbá no Google News

 
 
 

Veja Também

Na capital, Corumbá se destaca no Feirão do Turismo

A Fundação de Turismo de Corumbá participou do Feirão do Turismo, Rota Pantanal Bonito – Corumbá, Jardim, Bodoquena e Miranda, que aconteceu de 6 a 12 de mar...

Ladário recebe visita do editor do site ´Coluna de Turismo´

No sábado, 11 de março, o editor do site 'Coluna de Turismo' (colunadeturismo.com.br), Ariel Figueroa, esteve em visita a Ladário. Ele vem trabalhando na div...