35 ℃

Cultura

Em 1ª noite de Ensaio Técnico, escolas de samba fazem últimos acertos para desfiles

Cinco escolas de samba abriram a primeira noite do ensaio técnico: Caprichosos de Corumbá; Mocidade Independente da Nova Corumbá; Império do Morro; Marquês de Sapucaí e Acadêmicos do Pantanal.

Ter, 14 Fevereiro de 2023 | Fonte: Assessoria de Imprensa PMC


Em 1ª noite de Ensaio Técnico, escolas de samba fazem últimos acertos para desfiles
Fotos: Clóvis Neto/PMC

Cinco escolas de samba abriram a primeira noite do ensaio técnico na segunda-feira, 13 de fevereiro. Novidade para este ano, os dois dias de ensaios facilitam o acesso do público ao evento; dão a chance para as agremiações acertarem detalhes para a apresentação oficial; além do teste do sistema de sonorização da Passarela do Samba. Participaram da primeira noite representações das escolas Caprichosos de Corumbá; Mocidade Independente da Nova Corumbá; Império do Morro; Marquês de Sapucaí e Acadêmicos do Pantanal.

“É importante criarmos essa cultura do ensaio técnico. Dá a chance para as escolas de samba acertarem os detalhes finais para os desfiles e mostrarem para a população que estão vindo fortes. Sem contar que permite que todos retornem mais cedo para casa”, disse o prefeito Marcelo Iunes, que acompanhou todo o ensaio ao lado da primeira-dama e secretária de Assistência Social e Cidadania, Amanda Balancieri Iunes.

“O carnaval é um evento muito importante para Corumbá. Gera emprego, gera renda e movimenta nossa cultura, nosso turismo e que traz desenvolvimento econômico para a região”, disse o chefe do Executivo Municipal estimando que pelo menos R$ 25 milhões devem circular pelo comércio local desde o início do ‘Carnaval da Alegria no Coração do Pantanal’.

Em 1ª noite de Ensaio Técnico, escolas de samba fazem últimos acertos para desfiles

Presidente da Liga Independente das Escolas de Samba de Corumbá (Liesco), Victor Raphael de Almeida, afirmou que o novo formato do ensaio técnico trouxe o efeito desejado pela Liga. “Ficou melhor para as escolas, que ganharam maior tranquilidade para a realização de seus ensaios. O público não fica tão refém do horário, que não avança muito. Como um primeiro teste surtiu efeito esperado”, disse.

Diretor-presidente da Fundação da Cultura e do Patrimônio Histórico de Corumbá, Joilson Cruz, avaliou positivamente os dois dias de ensaio técnico. “´É um tempo melhor para que possam fazer testes de sonorização aqui na Avenida. Com cinco escolas por noite, em dois dias de ensaios, há espaço maior para eles, o que facilita bastante para todos”, disse.

O secretário Municipal de Governo, Luiz Antônio Pardal, também acompanhou a primeira noite de ensaio técnico. Ele chamou atenção para outra novidade do evento, que é a participação da Escola de Samba Mirim Corumbá do Amanhã nos preparativos desta terça-feira, dia 14. “Além dessa inovação dos dois dias de ensaios, teremos também a participação de uma representação da Corumbá do Amanhã. É um projeto da Prefeitura, trabalhado pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania, com um olhar diferenciado, que pensa no futuro do nosso carnaval e consequente preservação da nossa cultura carnavalesca”, afirmou o secretário de Governo.

Para esta terça-feira, 14 de fevereiro, última noite de ensaio técnico a programação é a seguinte: Escola de Samba Mirim ‘Corumbá do Amanhã’ (19h30); Estação Primeira do Pantanal (20h); Imperatriz Corumbaense (20h30); Unidos da Major Gama (21h); A Pesada (21h30) e Unidos da Vila Mamona (22h).

Correio de Corumbá

SIGA-NOS NO Correio de Corumbá no Google News

 
 
 

Veja Também