31 ℃

Política

Vereador busca informações sobre existência de soro antiofídico nas unidades de urgência

A presença desses animais peçonhentos na região de rica fauna, deixa as pessoas exposta a acidentes

Sáb, 18 Fevereiro de 2023 | Fonte: Assessoria Câmara


Vereador busca informações sobre existência de soro antiofídico nas unidades de urgência
Divulgação

O vereador Alexandre Vasconcellos busca informações junto ao Poder Executivo sobre a existência de soro antiofídico nas unidades da Rede de Atenção às Urgências de Corumbá (Unidade de Pronto Atendimento 24 horas do Bairro Guatós e no Pronto Socorro Municipal).

Na última terça-feira, 14, durante sessão ordinária da Câmara, o vereador apresentou um requerimento para que seja encaminhado expediente à secretária de Saúde, Beatriz Silva Assad, solicitando tais informações.

“Corumbá está localizada em região de vegetação nativa e fauna muito rica, inclusive com a presença de animais peçonhentos. Portanto, nossa população fica mais exposta e susceptível a acidentes com esse tipo de animais, e o soro antiofídico é o único tratamento comprovadamente eficaz no caso de acidentes com serpentes peçonhentas. É imprescindível para salvar as vítimas dessas ocorrências e isso nos levou a questionar se existe o soro, a quantidade e logística para o recebimento para propiciar um atendimento adequado à nossa população”, acrescentou.

LABORATÓRIO MUNICIPAL
Por outro lado, Alexandre reforçou um pedido feito em outubro de 2022, solicitando informações referentes às obras do Centro Integrado de Saúde – Laboratório Municipal, localizado no cruzamento das ruas Frei Mariano e Porto Carrero.

O expediente foi dirigido à secretária de Saúde, Beatriz Silva Assad, bem como ao secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Ricardo Ametlla, questionando em que fase se encontra a obra, e qual é o prazo para a sua conclusão.

“É uma obra iniciada em 25 de fevereiro de 2016 e, passados seis anos e meio, ainda não foi concluída. Quem passa pelo local verifica que a obra se encontra parada e abandonada. Por isso mesmo estamos solicitando informações referentes ao retorno e término da construção”, completou.

Correio de Corumbá

SIGA-NOS NO Correio de Corumbá no Google News

 
 
 

Últimas Notícias