28 ℃

Política

Presidente do Legislativo pede estudos para duplicação de trechos da BR-262

O assunto voltou a ser debatido ontempelo verador Bira que sugeriu um esforço conjunto no sentido de sensibilizar as autoridades competentes, visando a execução de obras de duplicação.

Qua, 15 Fevereiro de 2023 | Fonte: Assessoria Câmara


Presidente do Legislativo pede estudos para duplicação de trechos da BR-262
Divulgação

O alto índice de acidentes na BR-262, trecho entre Corumbá e Campo Grande, inclusive fatais, tem preocupado as autoridades locais que, já há algum tempo, trabalham no sentido de dotar a rodovia de boas condições de tráfego, para evitar tragédias provocadas pelos acidentes automobilístico, além de atropelamentos de animais silvestres na região pantaneira.
O assunto voltou a ser debatido esta semana na Câmara e, ontem, terça-feira, 14, o vereador Ubiratan Canhete de Campos Filho, Bira, sugeriu um esforço conjunto no sentido de sensibilizar as autoridades competentes, visando a execução de obras de duplicação de trechos da 262, entre Corumbá e Campo Grande.

Por meio de requerimento endereçado ao secretário de Estado da Casa Civil, João Eduardo Barbosa Rocha, com cópia ao governador Eduardo Riedel, e ao líder da Bancada Federal do Mato Grosso do Sul, deputado Vander Loubet, solicitando empenho e o esforço no sentido de realizar um estudo de viabilidade para a duplicação de trechos da rodovia.
Lembrou que a rodovia é a principal ligação de Corumbá à capital Campo Grande e às demais cidades brasileiras. Com a estiagem na região pantaneira, passou a ser também a única via de escoamento da produção de minério, com um fluxo diário de 600 caminhões, dos quais 200 ‘bitrens’ que levam aproximadamente 10 mil toneladas de minério ao Porto de Santos, em São Paulo.

“Além dos buracos e da imprudência dos caminhoneiros que viajam em comboios e fazem ultrapassagens de alto risco, o volume de cargas está provocando deformações permanentes na pista, principalmente no trecho que vai da cabeceira da ponte sob o Rio Paraguai até o local conhecido como Buraco das Piranhas, trecho este que foi aterrado na década de 80 para a construção da rodovia”, explanou.

Isso tem causado depressão e afundamento do asfalto, criando verdadeiros ‘facões’, conhecidos como trilhos na pista com as marcas das rodas, que podem danificar veículos de pequeno porte e causar acidentes graves. 

“Além do fluxo de caminhões, a BR-262 também possui grande número de veículos de passeio e ônibus de passageiros, que trazem e levam os visitantes que vem até Corumbá, um dos mais importantes destinos turísticos do Brasil e do mundo, que abrange segmentos do Ecoturismo, Turismo Cultural, Turismo de Pesca, Turismo de Aventura, Turismo Rural e Turismo de Negócios e Eventos”, continuou.

Bira ainda citou levantamento feito pela Prefeitura Municipal de Corumbá apontando que, no primeiro semestre de 2022, com o final da pandemia, houve um aumento de 285% do número de visitantes no primeiro semestre, sendo que destes turistas, 45% chegaram utilizando-se de ônibus de viagem, e os demais, em sua grande maioria, veículos de passeio, uma vez que o transporte aéreo ainda não está consolidado em Corumbá.

Diante da situação, o vereador optou por levar esta demanda às autoridades estaduais, destacando que a duplicação é um sonho da comunidade pantaneira, ainda que parcial.
Bira salientou que é uma demanda de extrema importância e que é preciso a união de esforços das autoridades locais para que isso possa acontecer. Durante palavra livre, ele mostrou a sua preocupação e teve apoio dos demais vereadores que também entendem a necessidade de buscar uma solução para minimizar riscos de acidentes na rodovia, especialmente no trecho entre Corumbá e Miranda.

Na oportunidade, foi levantada a questão de o Governo Federal Ministério dos Transportes garantir ao governador Eduardo Riedel, o repasse para Mato Grosso do Sul de R$ 984 milhões para manutenção de estradas federais, estaduais e a concretização da Rota Bioceânica, com o investimento federal devendo ser usado na infraestrutura logística das rodovias que cortam o Estado, especialmente as BRs 262, 267 e 163, além do acesso à Rota Bioceânica. 

Bira destacou ser importante o empenho de todos os vereadores no processo, visando dotar a 262, entre Corumbá e Campo Grande, de infraestrutura necessária capaz de garantir um tráfego mais seguro, minimizando riscos de acidentes que ocorrem com frequência no trecho.

PAPILOSCOPISTAS
Em outro requerimento, o presidente do Legislativo solicitou ao secretário de Justiça e Segurança Pública do Mato Grosso do Sul, Antonio Carlos Videira, o envio de dois peritos papiloscopistas para a Polícia Civil de Corumbá. Salientou que o quadro está defasado, e para que a demanda seja suprida, há necessidade de pelo menos mais dois profissionais na região.

HOMENAGEM
Ao mesmo tempo, o vereador teve aprovado requerimento em que homenageia com Moção de Congratulação o subtenente Elias Alves de Souza, do Corpo de Bombeiros Militar de Corumbá, que no dia 29 de dezembro de 2022, realizou o salvamento de duas mulheres que capotaram o veículo em que se encontravam após serem atacadas por um enxame de abelhas. Na oportunidade, ele estava de folga e, num ato de heroísmo, salvou as duas pessoas.

Correio de Corumbá

SIGA-NOS NO Correio de Corumbá no Google News

 
 
 

Veja Também